Blog

    Quando o assunto é dívida, todo mundo tem uma história para contar. Isso porque, no Brasil, o número de famílias com dívidas cresce a cada mês. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou uma pesquisa feita em maio de 2022 com resultados surpreendentes. 

    O estudo revela que nos meses anteriores, em março e abril, mais de 77% das famílias brasileiras fecharam o mês com algum tipo de dívida. Com base na pesquisa, o responsável número um pelo endividamento é a fatura do cartão de crédito. Na sequência, os outros vilões são os carnês de lojas e os financiamentos automotivos. 

    Diante desse cenário, as pessoas geralmente se perguntam qual é a melhor forma de sair do vermelho. Surge então a opção de fazer um empréstimo para quitar dívidas. Mas essa estratégia vale realmente a pena? O Banco Mercantil traz a resposta para você. 

    Quando um empréstimo vale a pena?

    Para saber se um empréstimo vale a pena, aposte sempre na matemática. Isso significa que você precisa fazer cálculos para descobrir se o valor das tarifas do seu empréstimo será menor que o valor dos juros das contas em atraso.

    Vou te dar uma dica: em geral, vale a pena pegar empréstimos para pagar dívidas. 

    Existem fatores que tornam essa matemática ainda mais favorável para você. Geralmente, empréstimos têm condições facilitadas, como tarifas reduzidas para certos tipos de pessoas, como aposentados e pensionistas. 

    A melhor ação aqui é manter a calma e fazer uma análise comparativa. Por mais ansioso e angustiado que você esteja, pesquise as condições de empréstimo antes de tomar atitudes drásticas, como vender um imóvel ou um veículo. 

    Cuidados necessários para contratar um empréstimo para quitar dívidas

    Antes de pedir um empréstimo, você precisa tomar alguns cuidados necessários para não se prejudicar.

    O primeiro passo é juntar o máximo de informações possíveis sobre a instituição de sua escolha, seja um banco, uma financeira ou cooperativa de crédito. Quanto mais informações, menor será a chance de você sofrer uma fraude

    Em seguida, analise se o empréstimo faz sentido para você. Se o seu critério for a urgência das suas dívidas ou a necessidade de limpar seu nome, então pode seguir em frente despreocupado. 

    Outro ponto importante é não tomar apenas o valor das parcelas como fator de decisão. Novamente, voltando à matemática, esse número pode ser ilusório. O segredo é multiplicar o valor da parcela pelo número de meses correspondentes ao pagamento do empréstimo. Lembre-se de incluir o valor dos juros para ter um resultado preciso.  

    Então, vamos imaginar um cenário: João Paulo decide pegar um empréstimo para quitar suas dívidas. A instituição financeira de sua escolha oferece um pacote com parcelas de R$ 1.000 ao mês. Porém, em cima desse valor, entra um juros de 3%

    Na prática, o empréstimo de João Paulo tem as seguintes características:

    • O cálculo de juros simples em cima do valor é de 1.000 vezes 3%, o que dá uma parcela mensal de R$1.030;
    • O empréstimo foi calculado em cima de um período de 36 meses, ou seja, 3 anos;
    • Após encerrar o pagamento do empréstimo, João Paulo terá pago ao banco R$37.080. Observe que esse é um valor bruto, sem nenhum reajuste ou oscilação de juros ao longo do período.

    Com esses valores em mãos, João Paulo tem um poder de decisão muito mais detalhado do que simplesmente saber que o valor das parcelas é de R$1.000 ao mês. Agora, ele pode calcular se o empréstimo vale a pena, comparando com sua condição financeira atual. 

    Quando um empréstimo vale a pena?

    Pontos de atenção ao pedir um empréstimo para quitar dívidas

    Agora que você já decidiu pedir um empréstimo para quitar dívidas, conheça alguns pontos importantes para levar com você à instituição de sua escolha. Anota aí! 

    Juros de empréstimos

    Quando se fala de juros, existem dois tipos importantes quando o assunto é empréstimo: os juros nominais e os juros efetivos.

    A taxa de juros nominais representa um fragmento do seu financiamento, normalmente calculado de forma anual. Já a taxa de juros efetivos está conectada com o tempo total do financiamento. 

    Por isso, o valor dos juros nominais costuma ser mais baixo que os juros efetivos. Ao considerar um empréstimo, certifique-se de que você está tomando sua decisão baseando-se no valor correto. 

    Nome negativado

    Se o seu nome estiver negativado, é possível que algumas instituições financeiras não concedam o empréstimo. Faça uma boa pesquisa filtrando bancos e outras organizações que ofereçam esse tipo de serviço.  

    Outra dica para quem está com o nome sujo é organizar todas as suas dívidas, calcular o valor total devido e negociar descontos nos valores. Desse modo, o empréstimo se torna a melhor solução para o problema do endividamento. 

    Tempo do endividamento

    Uma das principais perguntas a fazer sobre empréstimos é sobre o tempo do endividamento. O débito será dividido em quantas parcelas? Essas parcelas representam quantos anos da sua vida? Nesse caso, tempo é literalmente dinheiro

    Por isso, tente fazer uma projeção de como a sua vida estará durante o período do parcelamento. Você estará empregado nos próximos anos? Existem fatores externos que possam atrapalhar sua saúde financeira? O planejamento financeiro é muito mais eficaz quanto tem o tempo como elemento central. 

    Planejamento para fugir de endividamentos futuros

    Mas um bom planejamento não é composto apenas de tempo. Para fugir de endividamentos futuros, você precisa mudar alguns dos seus hábitos financeiros. 

    Procure desenvolver educação financeira dentro da sua casa. Assista vídeos, leia livros, converse com especialistas. Gastar menos do que você ganha pode parecer óbvio, mas na prática, nem sempre é tão fácil. Por isso, não se envergonhe de pedir ajuda. 

    Outra sugestão é reduzir os gastos excessivos e economizar em bens de consumo, como água e energia elétrica. Reduzir esses valores pode ajudar você e a sua família a sair do pesadelo das dívidas. 

    Antecipe o saque do FGTS e quite suas dívidas!

    Além da opção de pedir um empréstimo, você também pode quitar suas dívidas ao antecipar o saque do FGTS. No Banco Mercantil, você pode antecipar até 10 parcelas do FGTS a qualquer momento do ano

    • PASSO 1: Optar pela modalidade de Saque Aniversário no aplicativo do FGTS;
    • PASSO 2: Acessar o site de Saque FGTS do Banco Mercantil e clicar no botão do WhatsApp para contratar;
    • CONCLUSÃO: No Banco Mercantil, o dinheiro da antecipação do Saque Aniversário do FGTS estará na sua conta em 15 min* e você não precisa ir à agência física.

    O Empréstimo Saque Aniversário FGTS pode contratar totalmente online, via WhatsApp, com a menor taxa do mercado (a partir de 1,49% a.m**). E o melhor: você não precisa se preocupar em pagar nenhuma parcela desse empréstimo. O repasse é feito diretamente ao Banco Mercantil pela Caixa Econômica Federal. Dessa forma, você pode quitar suas dívidas e ganhar fôlego para se reerguer financeiramente. 

    Banco Mercantil: facilitando sua vida financeira de forma rápida e segura!

    Redação Mercantil 231 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar
    Navegue pelo sumário
      Recentes
      +Dinheiro
      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        +Dinheiro
        +Dinheiro
        +Dinheiro
        +Dinheiro
        +Dinheiro
        +Dinheiro

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Av. do Contorno, 5.800. Andares 11º, 12º, 13º, 14º e 15º. Savassi - Belo Horizonte - MG 30.110-042