Blog

    No mercado financeiro brasileiro, ficar negativado é popularmente conhecido como “estar com o nome sujo”. Isso acontece quando alguém, como eu e você, contrata um serviço ou adquire um produto e não é capaz de pagar por ele. Mas por que isso é relevante? 

    Na prática, se você estiver negativado, pode ter dificuldades para obter acesso a alguns serviços financeiros. Conseguir um empréstimo, abrir um crediário ou financiar um imóvel ou veículo estão entre as atividades que podem ser impossibilitadas pelo nome sujo. 

    Como saber se meu nome está sujo?

    Quando a dívida com alguma instituição não é quitada, ela se torna ativa em alguma instituição de proteção de crédito. As mais comuns são o SPC e o Serasa. Para saber se o seu nome está sujo, basta acessar a base de dados ou procurar uma agência física desses órgãos e fornecer o seu CPF. 

    Se você estiver negativado, não se preocupe: o Banco Mercantil traz as informações e a ajuda necessárias sobre empréstimo para negativados. Você pode também antecipar o seu saque do FGTS para ter maior controle sobre as suas finanças. Continue lendo para saber como! 

    • Posso pedir empréstimo negativado?
    • Quais os cuidados que o empréstimo para negativados exige?
    • Antecipe o saque do FGTS e controle suas finanças
    Assista ao nosso conteúdo em vídeo – Crédito Consciente

    Posso pedir empréstimo negativado?

    Sim, é possível pedir empréstimo mesmo se o seu nome estiver negativado. Porém, não são todas as instituições financeiras e bancos que oferecem esse benefício. Isso acontece porque um dos maiores critérios para a concessão do empréstimo é a consulta do CPF do requerente

    Como funciona o empréstimo para negativado?

    O empréstimo para negativados funciona como qualquer outra forma de empréstimo pessoal. Ou seja, você solicita a quantia desejada e devolve o valor à instituição em parcelas mensais, somadas com juros. Devido ao maior risco, o valor dos juros pode ser mais alto e a quantia disponível, mais baixa. 

    Quais são os tipos de empréstimo para negativado?

    Existem algumas formas de empréstimo mais comuns de serem liberadas para quem tem o nome sujo. Algumas delas são o empréstimo consignado, o microcrédito e o crédito por penhora. Confira como funciona cada um:

    1. Empréstimo consignado

    O empréstimo consignado é mais fácil de se conseguir porque não existem muitos critérios para ele. Por exemplo, não é feita consulta no SPC e no Serasa e os juros normalmente são mais baixos. Isso acontece porque o empréstimo consignado oferece baixo risco para as instituições. 

    O valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento ou do benefício do INSS do requerente. Assim, não é preciso fazer o pagamento de forma manual e não acontecem atrasos. Os beneficiários mais comuns do empréstimo consignado são: 

    • Aposentados e pensionistas;
    • Funcionários públicos;
    • Militares das Forças Armadas. 
    O Empréstimo Consignado do Banco Mercantil é ideal para te tirar do aperto e acabar com as dívidas.
    O Empréstimo Consignado do Banco Mercantil é ideal para te tirar do aperto e acabar com as dívidas.

    2. Microcrédito

    O microcrédito surgiu como uma alternativa de empréstimo de baixo valor a pessoas jurídicas e empreendedores formais, como os MEI, e empreendedores informais. Com o tempo, passou a ser uma opção válida para quem não consegue obter créditos na praça, como os negativados. 

    As regras do microcrédito são instituídas pelo BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento), uma empresa pública federal com sede no Rio de Janeiro, fundada em 1952. Seu objetivo é apoiar programas e serviços que incentivem o desenvolvimento econômico e social do Brasil. 

    Você pode solicitar o microcrédito nas mais diversas instituições financeiras espalhadas pelo país. Para isso, basta preencher alguns requisitos: 

    • Ter mais de 18 anos;
    • Ser uma pessoa jurídica, ter um cadastro no MEI ou ser um empreendedor informal;
    • Obter aprovação em uma análise socioeconômica das suas finanças e do seu empreendimento. 

    3. Penhora

    Outra solução para quem é negativado é penhorar um bem em troca de uma oferta de crédito acessível. Na prática, isso significa que a instituição financeira ou o credor “segura” um bem seu como garantia no processo de concessão do crédito. 

    Esse bem pode ser um imóvel, um veículo ou até mesmo jóias e pedras preciosas. Na eventualidade de você não pagar o empréstimo, a instituição tem direito de posse sobre o bem penhorado. Vale lembrar que a penhora é uma transação legal prevista pelo Código Civil.

    Tal como o empréstimo consignado, o risco para a instituição credora é menor quando a modalidade de penhora é utilizada. Por isso, não há consulta no SPC ou Serasa e os valores das taxas de juros costumam ser mais baixos também. 

    Quais os cuidados que o empréstimo para negativados exige?

    Agora que você já conhece as possibilidades de empréstimo para negativados, resta apenas uma última etapa: a pesquisa. Afinal, existe uma lista de cuidados necessários que você precisa tomar antes de adquirir o seu empréstimo.  

    1. Primeiramente, invista em planejamento financeiro. Estude suas finanças e busque formas de prevenir que o seu nome seja negativado novamente. Você pode começar negociando suas dívidas para saber exatamente qual o valor apropriado para o empréstimo. 
    2. Em segundo lugar, tome o tempo necessário antes de decidir. Leia toda a documentação da proposta, consulte os seus representantes legais, analise as categorias e as taxas de juros. Em adição a isso, procure saber exatamente o que você está pagando, o significado de cada valor e cada sigla.
    3. Por fim, tome muito cuidado com fraudes. Não aceite fazer depósitos adiantados nem qualquer tipo de negociação que não envolva um contrato. Além disso, certifique-se de que a instituição financeira que você escolheu está em situação regular no Banco Central.

    Antecipe o saque do FGTS e controle suas finanças

    O Banco Mercantil traz para você que está negativado uma alternativa ao empréstimo consignado, o microcrédito e a penhora. Você pode antecipar o saque do seu FGTS e colocar suas contas em dia utilizando o Saque-Aniversário.

    Essa nova modalidade criada pelo governo federal permite que o trabalhador antecipe o resgate do seu FGTS anualmente, sempre no mês do seu aniversário. Assim, é possível pagar suas contas em atraso, regularizar o seu nome e readquirir uma linha de crédito na praça. 

    No Banco Mercantil, é possível antecipar até 10 parcelas do seu FGTS com a menor taxa do mercado por meio do Empréstimo Saque-Aniversário. No Mercantil, você, aposentado e pensionista do INSS, tem dinheiro do crédito pessoal e consignado liberado rapidamente pelo WhatsApp, sem precisar ir até a agência.

    Redação Mercantil

    247 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar

    Navegue pelo sumário

      Recentes

      Aposentadoria

      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        Consignado

        Consignado

        Consignado

        Consignado

        Consignado

        Consignado

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Rua Rio de Janeiro, 680 - Centro, Belo Horizonte/MG - CEP 30160-912