Blog

    A biometria é um método cada vez mais presente em nossas vidas, utilizado para identificação de pessoas e proteção de dados. Essa tecnologia é amplamente usada em diversos setores, desde caixas automáticos em bancos até terminais de embarque em aeroportos. 

    Ela está presente até mesmo nos nossos dispositivos móveis, como celulares, tablets e computadores. Além disso, podem possuir métodos de identificação diferentes, podendo ser por meio da leitura de impressão digital ou reconhecimento facial. 

    O que é Biometria?

    Biometria é a medição da vida, ou seja, o estudo estatístico de características físicas e comportamentais para identificação de um indivíduo. Na área de Segurança da Informação, a biometria consiste na aplicação de métricas a atributos biológicos com o objetivo de aferir e identificar as pessoas. 

    Essa tecnologia é utilizada para controlar o acesso físico a determinados ambientes, identificar e localizar criminosos, e também para impedir o acesso não autorizado a dados sigilosos protegidos.

    Os tipos mais populares de biometria

    Existem diversos tipos de biometria, cada um baseado em diferentes características físicas e comportamentais. A seguir, vamos apresentar os seis tipos mais populares de biometria, utilizados em uma série de soluções, cada um com suas vantagens e desvantagens.

    1. Impressão Digital

    A impressão digital é o método de reconhecimento biométrico mais antigo e de menor custo para implementação. Essa tecnologia é extremamente confiável, pois as suas digitais permanecem as mesmas ao longo de toda a sua vida. A única possibilidade de apresentar problemas é se a pessoa perder suas digitais, independente do motivo. Por isso, o método continua sendo utilizado sozinho ou combinado com outros.

    2. Reconhecimento Facial

    O reconhecimento facial consiste em mapear um rosto, seja em 3D ou em 2D, para criar uma imagem da pessoa que será utilizada para desbloqueio de funções e identificação. Essa tecnologia está presente em celulares, como o Face ID da Apple, e pode gerar controvérsias devido à sua não permanência ao longo do tempo. Outro exemplo que podemos citar é o uso do vídeo para poder aprovar uma solicitação de consignado aqui no Banco Mercantil. 

    Porém, o usuário pode envelhecer, mudar o rosto com cirurgias ou até mesmo ter um irmão gêmeo idêntico, o que pode comprometer a precisão do método.

    3. Reconhecimento de Íris

    A biometria por meio da íris é extremamente confiável, já que a estrutura da íris permanece a mesma ao longo da vida de uma pessoa. Essa tecnologia é utilizada em modelos premium de celulares, que possuem um scanner de íris embutido na câmera. Apesar de sua confiabilidade, a implementação do método é mais cara em comparação com outras formas de biometria.

    4. Reconhecimento de Voz

    O reconhecimento por voz analisa os parâmetros físicos e comportamentais da voz de uma pessoa, como sotaque, maneirismos e entonação, para criar um perfil sonoro único. Um bom exemplo é a utilização de áudio que o Banco Mercantil solicita para você durante o processo de solicitação do adiantamento do saque-aniversário FGTS. Apesar de ter um baixo custo de implementação, a confiabilidade dos dados é menor, pois qualquer ruído pode comprometer a coleta e análise da voz. Alterações causadas por problemas de saúde ou envelhecimento também podem afetar a precisão desse método.

    5. Reconhecimento de Retina

    A biometria por meio da retina é uma das mais seguras, pois a disposição dos vasos sanguíneos que irrigam a retina varia de pessoa para pessoa e não muda ao longo do tempo. No entanto, a coleta e leitura dos dados não são simples, o que dificulta a falsificação das informações. Apesar de sua segurança, essa tecnologia é considerada invasiva e incômoda.

    6. Reconhecimento pela Digitação

    A biometria pela digitação analisa o ritmo e cadência do usuário ao digitar. Cada pessoa tem um estilo próprio de digitação, seja na quantidade de dedos utilizados, na velocidade ou na força aplicada às teclas. Apesar de ter um baixo custo de implementação, essa forma de biometria é pouco confiável, pois um usuário pode mudar seu estilo de digitação de forma inconsciente ou intencional.

    Vem ver o resumo

    A biometria é uma tecnologia cada vez mais presente em nosso dia a dia, utilizada para identificação de pessoas e proteção de dados. Com diferentes tipos de biometria disponíveis, cada um com suas vantagens e desvantagens, é importante entender como essa tecnologia funciona e quais são os seus usos mais comuns. 

    Para estar sempre por dentro, conecte-se conosco nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook, inscreva-se no YouTube, siga-nos no Instagram e Linkedin para receber informações sobre educação financeira. Te esperamos lá!

    Redação Mercantil

    247 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar

    Navegue pelo sumário

      Recentes

      Aposentadoria

      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        +Segurança

        +Segurança

        +Segurança

        +Segurança

        +Segurança

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Rua Rio de Janeiro, 680 - Centro, Belo Horizonte/MG - CEP 30160-912