Blog

    Os smartphones se tornaram essenciais para a maioria das pessoas, proporcionando acesso a diversas atividades importantes, como acesso a contas bancárias, redes sociais e e-mails. 

    No entanto, essa ampla gama de opções também torna os dispositivos alvos frequentes de criminosos virtuais, que estão sempre tentando executar novos golpes para obter acesso a informações privadas das vítimas.

    Existem diversas formas de golpes em celulares, que vão desde infecções por vírus até a engenharia social utilizada pelos criminosos para obter informações pessoais das vítimas. Neste artigo, vamos falar sobre alguns dos golpes mais comuns em celulares.

    Golpes de Vírus em Celulares

    Um dos golpes mais comuns em celulares é o golpe de vírus. Geralmente, esse tipo de golpe começa com um falso alerta de ameaça no celular, que aparece em sites como um banner colorido e chamativo, dificultando a leitura do conteúdo. Esse alerta afirma que um agente malicioso foi detectado no dispositivo e tenta criar um senso de urgência para que o usuário clique nele.

    Ao clicar no alerta, o usuário é redirecionado para uma página que recomenda a instalação de um suposto “antivírus”, mas, na verdade, trata-se da própria ameaça disfarçada. Esse malware ou spyware começa a roubar dados do dispositivo e pode se espalhar pelas redes às quais o celular está conectado.

    Para prevenir esse tipo de ameaça, é importante não clicar em alertas de detecção de vírus em páginas da internet e utilizar soluções antivírus confiáveis em dispositivos móveis.

    Neste vídeo, a Sandrinha, nossa apresentadora do YouTube, fala sobre o assunto:

    Golpe do Vírus de celular

    Vishing: O Golpe pelo Celular Através de Chamadas Telefônicas

    Outra ameaça comum em dispositivos móveis é o vishing, uma junção das palavras “voice” e “phishing”. Esse golpe envolve chamadas telefônicas fraudulentas, nas quais os criminosos se passam por pessoas ou organizações para ganhar a confiança da vítima.

    Durante a conversa, eles tentam convencer a vítima de que há algum problema em um determinado serviço e solicitam dados pessoais ou dinheiro para resolver a situação. O vishing também cria um senso de urgência na vítima, fazendo com que ela tome decisões precipitadas durante a chamada.

    Para se proteger desse tipo de golpe, é importante sempre verificar a autenticidade das solicitações entrando em contato com os canais oficiais das empresas ou organizações envolvidas na ligação. Nunca forneça informações pessoais ou realize pagamentos durante a chamada, sem antes confirmar a veracidade da solicitação.

    Phishing via SMS: Um dos Golpes de Celular Mais Antigos

    O phishing via SMS, também conhecido como smishing, é um dos golpes de celular mais antigos enfrentados pelos usuários. Nesse golpe, os criminosos enviam mensagens se passando por serviços oficiais e informando sobre possíveis problemas, como débitos pendentes, e solicitam que o destinatário clique em um link fornecido para resolver a situação.

    Ao clicar no link, o usuário pode ser redirecionado para sites falsos, cujo objetivo é roubar credenciais bancárias, ou pode fazer o download de malwares — que são programas que podem danificar seu celular. Assim como no golpe do vishing, é recomendado que, em casos suspeitos, o usuário entre em contato com os canais oficiais do serviço supostamente envolvido para verificar a autenticidade da situação.

    Golpes de Um Toque: Chamadas Telefônicas Suspeitas

    Os golpes de um toque são chamadas feitas através de números desconhecidos que tocam apenas uma vez, na esperança de que o usuário retorne a ligação por curiosidade. Caso o usuário retorne, ele será cobrado por uma taxa, e todo o valor será enviado para o golpista.

    Para evitar cair nesse golpe, é importante ficar atento ao código de área do telefonema, pois geralmente é internacional. Além disso, números que tocam apenas uma vez e não tentam entrar em contato novamente devem ser vistos com suspeita.

    Como se Proteger de Golpes em Celulares

    Embora os golpes em celulares sejam assustadores, é possível tomar medidas para mitigar os riscos envolvidos. Além das dicas específicas fornecidas em cada categoria de golpe, aqui estão algumas medidas gerais que podem ajudar a proteger os dispositivos:

    • Confira a autenticidade dos contatos: Sempre verifique a autenticidade de mensagens suspeitas, como ofertas imperdíveis ou problemas em sua conta. Não clique em nenhum link até confirmar a veracidade do contato, pois pode se tratar de criminosos tentando obter seus dados pessoais ou dinheiro.
    • Baixe aplicativos somente de fontes confiáveis: A Google Play Store, para dispositivos Android, e a App Store, para dispositivos iOS, são as lojas oficiais onde os aplicativos das marcas estão disponíveis. Nunca baixe aplicativos de outras fontes, pois podem conter ameaças virtuais.
    • Mantenha a calma em caso de perda de acesso: Caso perca o acesso à sua conta, mantenha a calma e entre em contato com o suporte da rede social ou serviço o mais rápido possível. Descreva em detalhes o que aconteceu e forneça todas as evidências disponíveis.
    • Utilize autenticação de dois fatores: Ative a autenticação de dois fatores em todos os aplicativos que oferecem essa medida de segurança. Assim, se alguém tentar fazer login em sua conta de um dispositivo diferente, será solicitado um código único que você receberá via SMS.

    Vem ver o resumo

    Os golpes em celulares são uma realidade que os usuários precisam enfrentar diariamente. É importante estar ciente das diferentes formas de golpes e adotar medidas de segurança para proteger os dispositivos e as informações pessoais.

    Ao evitar clicar em links suspeitos, atualizar os aplicativos regularmente, utilizar senhas fortes e diferentes para cada conta bancária, verificar a autenticidade das mensagens e links, desativar notificações desnecessárias e instalar um antivírus confiável, é possível reduzir significativamente o risco de cair em golpes de celular.

    Além disso, em caso de suspeita de infecção ou se tornar vítima de um golpe, é fundamental entrar em contato com as autoridades competentes e com o banco para relatar a situação e buscar medidas de recuperação do dinheiro perdido.

    Para estar sempre por dentro, conecte-se conosco nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook, inscreva-se no YouTube, siga-nos no Instagram e Linkedin para receber informações sobre educação financeira. Te esperamos lá!

    Redação Mercantil 231 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar
    Navegue pelo sumário
      Recentes
      +Dinheiro
      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Av. do Contorno, 5.800. Andares 11º, 12º, 13º, 14º e 15º. Savassi - Belo Horizonte - MG 30.110-042