Blog

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) gerencia e distribui benefícios previdenciários a milhões de brasileiros. No entanto, criminosos têm se aproveitado dessa realidade, criando um esquema fraudulento conhecido como “Golpe da Prova de Vida”. 

    Neste artigo, vamos explicar como esse golpe funciona, quais são os sinais de alerta e as medidas que os beneficiários do INSS podem tomar para se proteger.

    Como funciona o golpe?

    O golpe da Prova de Vida do INSS é uma tática utilizada por criminosos, que se passam por funcionários do instituto e visitam as residências dos beneficiários, alegando a necessidade de realizar a comprovação de vida. 

    Durante essas visitas, os golpistas solicitam informações pessoais, documentos e até mesmo fotos dos cidadãos. Os dados são usados para cometer fraudes e crimes.

    Atenção: INSS não faz Prova de Vida presencial e a domicílio

    O INSS não está realizando a Prova de Vida presencialmente. Portanto, qualquer notícia ou convocação para Prova de Vida domiciliar deve ser tratada como tentativa de golpe.

    Formas seguras de fazer a Prova de Vida

    A Prova de Vida é uma obrigação anual para aqueles que recebem benefícios de longa duração do INSS, conforme estabelecido na Lei n.º 8.212, de 24 de julho de 1991.

    Esse procedimento visa comprovar que o beneficiário continua vivo e, assim, garantir a manutenção do pagamento. Confira formas seguras de realizar a Prova de Vida:

    Aplicativo ou site Meu INSS

    O Meu INSS, aplicativo e site oficial do INSS, permite que os beneficiários comprovem sua existência de forma remota, por meio de login com a conta Gov.br.

    Pagamento de benefício com biometria

    Ao receber o pagamento do benefício em uma instituição financeira, a biometria pode ser utilizada como comprovação de vida.

    Outras formas de comprovação

    Algumas outras ações são consideradas como comprovação de vida, entre elas:

    Sinais de alerta e cuidados essenciais

    Para evitar cair no golpe da Prova de Vida, é fundamental ficar atento a alguns sinais de alerta:

    • Visitas inesperadas de pessoas se apresentando como funcionários do INSS;
    • Solicitação de informações pessoais, fotos ou documentos;
    • Ameaças de bloqueio de benefícios caso a prova de vida não seja realizada.

    Onde denunciar o golpe da Prova de Vida?

    Caso receba uma visita suspeita, não forneça nenhum tipo de informação. Se você foi vítima do golpe, faça uma denúncia às autoridades competentes, como:

    •  Polícia Militar, registrando um Boletim de Ocorrência;
    •  No próprio INSS, por meio do site Fala.BR ou da central telefônica 135.

    Qual é o papel do INSS e dos beneficiários?

    O instituto tem divulgado informações em seus canais oficiais, enfatizando que não realiza a comprovação de vida de maneira presencial. 

    Além disso, o INSS incentiva os beneficiários a denunciarem qualquer atividade suspeita, a fim de ajudar no combate a esses crimes.

    Os beneficiários do INSS também desempenham um importante papel. Além de manterem seus dados cadastrais atualizados, devem ficar atentos a qualquer atividade suspeita e denunciarem prontamente. 

    Leia também: Como funciona o agendamento da perícia do INSS?

    Redação Mercantil 77 artigos publicados

    Compartilhar
    Navegue pelo sumário
      Recentes
      Consignado Produtos
      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança
        +Segurança

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Av. do Contorno, 5.800. Andares 11º, 12º, 13º, 14º e 15º. Savassi - Belo Horizonte - MG 30.110-042