Blog

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) oferece aos seus segurados diversos tipos de pensão, cada um com suas especificidades e critérios de elegibilidade. 

    Neste artigo, vamos explorar detalhadamente cada um desses tipos de pensão, para que você possa compreender melhor os direitos e benefícios a que você ou seus dependentes têm direito.

    O Que é a Pensão do INSS?

    A pensão do INSS é um benefício previdenciário concedido aos segurados que contribuíram para a Previdência Social em determinado momento, bem como aos seus dependentes. 

    Essa pensão é uma forma de assegurar uma renda periódica para aqueles que necessitam, seja por motivo de morte, invalidez, doenças específicas ou outras situações previstas em lei.

    Quem Pode Receber a Pensão do INSS?

    Os beneficiários da pensão do INSS variam de acordo com cada tipo de pensão. Em geral, os dependentes diretos, como cônjuges, filhos, pais e irmãos, podem ser elegíveis para receber a pensão em casos de morte do segurado. Além disso, existem pensões específicas para ex-combatentes, pessoas com invalidez, vítimas de doenças como a hanseníase e o vírus Zika, entre outros casos previstos em lei.

    É importante ressaltar que cada tipo de pensão possui critérios específicos de elegibilidade, como tempo de contribuição, idade, renda, entre outros. Portanto, é fundamental verificar as condições necessárias para cada tipo de pensão antes de fazer a solicitação junto ao INSS.

    Quais são os Tipos de Pensão do INSS?

    A seguir, apresentaremos os principais tipos de pensão oferecidos pelo INSS e suas características:

    1. Pensão por Morte

    A pensão por morte é um dos tipos mais comuns de pensão oferecidos pelo INSS. Ela é destinada aos dependentes do segurado falecido, como cônjuges, filhos, pais e irmãos. Para receber a pensão por morte, é necessário comprovar o óbito do segurado e o grau de parentesco com o falecido.

    O valor da pensão por morte varia de acordo com o número de dependentes e a idade de cada um. Além disso, a pensão por morte pode ser vitalícia ou por um período determinado, dependendo das circunstâncias do caso.

    2. Pensão por Invalidez

    A pensão por invalidez é destinada aos segurados que se tornaram incapazes de trabalhar devido a um acidente ou doença. Para receber essa pensão, é necessário passar por uma perícia médica do INSS, que irá avaliar a incapacidade do segurado.

    O valor da pensão por invalidez é calculado com base na média dos salários de contribuição do segurado. Além disso, o beneficiário está sujeito a reavaliações periódicas para verificar se ainda possui as condições de incapacidade.

    3. Pensão Especial

    A pensão especial é um tipo de pensão destinada a segurados que foram atingidos pela hanseníase e que foram submetidos a internação e isolamento compulsório em hospitais-colônia até 1986. Essa pensão é intransferível e independe do tempo de contribuição do segurado.

    Para solicitar a pensão especial, é necessário comprovar o diagnóstico de hanseníase e a internação em hospitais-colônia. O valor da pensão é estabelecido por lei e pode variar de acordo com o grau de incapacidade decorrente da doença.

    4. Pensão por Ex-Combatente

    A pensão por ex-combatente é destinada aos veteranos da Segunda Guerra Mundial, Força Aérea Brasileira e Marinha, que participaram de operações de guerra e atualmente se encontram em situação de incapacidade. Essa pensão é inacumulável, ou seja, não pode ser recebida caso o segurado já receba outros benefícios previdenciários.

    Tanto os ex-combatentes quanto seus dependentes têm direito à pensão por ex-combatente. O valor da pensão varia de acordo com a patente do ex-combatente e o grau de incapacidade.

    5. Pensão por Zika Vírus

    A pensão por Zika Vírus é destinada às crianças que nasceram com microcefalia decorrente do Zika Vírus. Esse tipo de pensão é pessoal e intransferível, sendo restrito às crianças nascidas entre 2015 e 2019.

    Para solicitar a pensão por Zika Vírus, é necessário comprovar o diagnóstico de microcefalia decorrente do Zika Vírus. O valor da pensão é estabelecido por lei e pode variar de acordo com as necessidades da criança.

    6. Pensão por Síndrome da Talidomida

    A pensão por Síndrome da Talidomida é destinada às pessoas que possuem deficiência física decorrente do uso da talidomida. A talidomida foi um medicamento utilizado para o tratamento de diversas doenças, mas que causou deformidades físicas em fetos durante a gestação.

    Para solicitar a pensão por Síndrome da Talidomida, é necessário comprovar o diagnóstico da síndrome e a relação com o uso da talidomida. O valor da pensão é estabelecido por lei e pode variar de acordo com o grau de deficiência física.

    7. Pensão Alimentícia

    A pensão alimentícia é um tipo de pensão previsto no direito de família, que visa garantir o sustento de filhos menores de 18 anos, filhos matriculados em cursos até 24 anos, ex-cônjuges e outros parentes próximos que comprovem a dependência econômica.

    O valor da pensão alimentícia é estabelecido por acordo entre as partes ou por determinação judicial. O pagamento da pensão é obrigatório até que o filho complete 18 anos, podendo se estender até a formatura ou em casos específicos de doenças incapacitantes.

    Vem ler o resumo

    O INSS oferece uma variedade de tipos de pensão para atender às necessidades dos seus segurados e dependentes. É importante conhecer os critérios de elegibilidade e os direitos de cada tipo de pensão para garantir o acesso aos benefícios previdenciários.

    Neste artigo, exploramos os principais tipos de pensão do INSS, incluindo a pensão por morte, por invalidez, especial, por ex-combatente, por Zika Vírus, por Síndrome da Talidomida e a pensão alimentícia. Cada tipo de pensão possui suas próprias características e requisitos, portanto, é essencial buscar informações atualizadas e precisas junto ao INSS para fazer a solicitação adequada.

    Lembre-se de que a pensão do INSS é um direito garantido por lei, e estar ciente dos seus direitos é fundamental para garantir uma renda segura e estável para você e sua família.

    Para estar sempre por dentro, conecte-se conosco nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook, inscreva-se no YouTube, siga-nos no Instagram e Linkedin para receber informações sobre as soluções financeiras do Banco Mercantil. Te esperamos lá!

    Redação Mercantil 240 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar
    Navegue pelo sumário
      Recentes
      FGTS
      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        Aposentadoria
        Aposentadoria
        Aposentadoria
        Aposentadoria
        Aposentadoria
        Aposentadoria

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Av. do Contorno, 5.800. Andares 11º, 12º, 13º, 14º e 15º. Savassi - Belo Horizonte - MG 30.110-042