Blog

    O FGTS é um direito adquirido pelos trabalhadores brasileiros há bastante tempo. Muita coisa mudou desde a sua criação, e uma nova mudança foi implementada pela Lei n.º 14.438.

    A partir deste mês de abril de 2024, as empresas terão até o dia 20 de cada mês para depositar o FGTS na conta do trabalhador. 

    Saiba mais como a nova lei de pagamento do FGTS afeta a vida do trabalhador no artigo que preparamos. Boa leitura!

    Como funciona o pagamento do FGTS?

    As empresas são responsáveis pelo depósito do FGTS mensal correspondente a 8% do salário bruto do colaborador. Quem recolhe o valor é a Caixa Econômica Federal, que administra o dinheiro. 

    Isso acontece em casos de demissão sem justa causa ou doenças graves. Confira o processo abaixo: 

    Processo de pagamento e recolhimento

    1. Depósito feito pelo empregador: todo dia 20 de cada mês, o empregador deve depositar 8% do salário bruto do empregado; 
    2. Administração pela Caixa: a Caixa Econômica Federal faz a administração do dinheiro, garantindo a correta aplicação dos fundos; 
    3. Uso do FGTS: o trabalhador, em caso de demissão sem justa causa, saca seu saldo. 

    Entre as possibilidades, o FGTS pode ser usado para comprar imóveis ou para lidar com doenças graves.

    Lembrando que o cálculo automático de multas por demissão sem justa causa é feito com base nos salários anteriores. Com isso, o processo se torna mais fácil e transparente aos colaboradores.

    Quais são as novas regras?

    A Lei n.º 14.438 alterou as regras do sistema de pagamento do FGTS. O objetivo é tornar os processos mais modernos e rápidos.

    A principal alteração é a extensão do prazo para os empregadores depositarem o FGTS, que passa do dia 7 para até o dia 20 de cada mês. Assim, as empresas ganham mais flexibilidade, permitindo uma melhor gestão dos fluxos de caixa.

    Além disso, a nova legislação introduz a plataforma FGTS Digital, que substitui o sistema Conectividade Social e integra dados do e-Social, Portal Gov.br e outros sistemas. Outra mudança do identificador único do trabalhador, que passa a ser o CPF. 

    Entre os benefícios da nova plataforma, está a facilidade de acesso pelo trabalhador aos fundos, depósitos e multas por atrasos. 

    Outra consequência importante da nova lei de pagamento do FGTS é a alteração no prazo para a antecipação do saque-aniversário. Os trabalhadores terão que esperar pelo depósito do empregador antes de abrir a solicitação, devido à nova data limite. 

    O que acontece se a empresa não depositar o FGTS?

    Caso o trabalhador perceba que o depósito do FGTS não foi realizado pela empresa no período estipulado, é recomendável consultar o aplicativo do FGTS

    Problemas técnicos, como falhas no carregamento dos dados, podem ser resolvidos ao fechar e reabrir o aplicativo. Se necessário, desinstale e reinstale o aplicativo no celular para atualizar os valores.

    Se o problema persistir após a atualização do aplicativo, entre em contato diretamente com a empresa do depósito. É importante que o trabalhador formalize sua reclamação para haver um registro da solicitação.

    É verdade que acabou a multa de 40%?

    Não, não é verdade. A multa do FGTS continua existindo em 2024 e ainda é um direito garantido aos trabalhadores que foram demitidos sem justa causa.

    Confira como calcular a multa de 40% e o que diz a lei!  

    Perguntas frequentes sobre a nova lei de pagamento do FGTS

    Como será o depósito do FGTS com a nova legislação?

    Com a nova lei, o prazo para os empregadores depositarem o FGTS mensal foi alterado do dia 7 para o dia 20 de cada mês.

    Qual é o procedimento para o novo saque do FGTS?

    Basta acessar o aplicativo do FGTS, verificar os valores disponíveis e solicitar o saque para uma conta bancária de sua titularidade. O processo agora é realizado digitalmente, sem ter que ir até uma agência.

    Quais são as alterações previstas para o saque-aniversário em 2024?

    Em 2024, os trabalhadores que escolherem o saque-aniversário do FGTS poderão sacar todo o saldo de suas contas. Antes, só podiam receber a multa rescisória. Esta proposta está atualmente sob avaliação do Ministério do Trabalho.

    Quais são as novidades mais recentes relacionadas ao FGTS?

    Recentemente, foram divulgadas várias notícias importantes sobre o FGTS:

    • A Caixa Econômica Federal iniciou a contratação do programa FGTS Futuro para auxiliar na aquisição da casa própria.
    • Com o programa Minha Casa, Minha Vida, o financiamento imobiliário utilizando o FGTS aumentou em 59% em 2023. O dado foi divulgado pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). 
    • O julgamento sobre a correção do FGTS foi interrompido no Supremo Tribunal Federal (STF) após um pedido de vista feito pelo advogado Zanin.

    Para estar sempre por dentro, conecte-se conosco nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook, inscreva-se no YouTube, siga-nos no Instagram e LinkedIn para receber informações sobre as soluções financeiras do Banco Mercantil. Te esperamos lá!

    Redação Mercantil 77 artigos publicados

    Compartilhar
    Navegue pelo sumário
      Recentes
      Consignado Produtos
      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        FGTS
        FGTS
        FGTS
        FGTS
        FGTS
        FGTS

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Av. do Contorno, 5.800. Andares 11º, 12º, 13º, 14º e 15º. Savassi - Belo Horizonte - MG 30.110-042