Blog

    A revisão da aposentadoria é um tema de grande importância para quem depende do benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) . De acordo com o STF, os salários de toda a vida contributiva podem ser usados para calcular o benefício mensal.

    Antes, o cálculo levava em consideração apenas os salários recebidos após julho de 1994, quando entrou em vigor o Plano Real. Essa mudança permite aumentar a aposentadoria, mas é preciso analisar as condições e fazer os cálculos corretos antes de pedir a revisão.

    Neste guia, vamos explicar a revisão da aposentadoria. Vamos falar sobre o que é, quem tem direito, quando solicitar, como fazer o pedido e mais. Acompanhe!

    O que é a revisão da aposentadoria do INSS?

    A revisão da aposentadoria permite que as pessoas recalculem o valor do benefício do INSS. Ao consideração toda a sua vida contributiva, incluindo os salários antes de julho de 1994, é possível pedir a revisão. Antes dessa decisão, o cálculo considerava apenas os salários a partir dessa data.

    Essa mudança ocorreu porque o STF decidiu que quem já se aposentou pode considerar os salários anteriores a 1994 no cálculo do benefício. Portanto, a intenção é corrigir distorções e garantir que o valor da aposentadoria seja justo e condizente com as contribuições feitas ao longo da vida profissional.

    É importante ressaltar que a revisão da aposentadoria pode resultar em um aumento ou diminuição do valor do benefício, dependendo das contribuições realizadas antes de 1994. Por isso, é fundamental fazer os cálculos corretamente e analisar se a revisão é vantajosa no seu caso específico.

    Leia mais: Como calcular a aposentadoria?

    Quem tem direito à revisão da aposentadoria?

    Poderá pedir a revisão quem se aposentou por idade mínima, tempo de contribuição, aposentadoria especial, auxílio por incapacidade permanente e pensão por morte. No entanto, existem algumas regras para ter direito à revisão. Ou seja, podem solicitar a revisão quem:

    • Aposentou entre 29 de novembro de 1999 e 12 de novembro de 2019 e que tenha contribuído para a previdência antes de julho de 1994.
    • Recebeu o primeiro auxílio, aposentadoria ou pensão há menos de dez anos.
    • Verificou que recebia salários maiores antes de julho de 1994 e fizeram o cálculo para ver se a revisão será benéfica.

    Quando vale a pena solicitar a revisão da aposentadoria?

    É importante analisar cuidadosamente a sua situação antes de solicitar a revisão da aposentadoria. Nem sempre essa revisão é vantajosa para todas as pessoas. Como mencionado anteriormente, a revisão pode resultar em um aumento ou diminuição do valor do benefício.

    Para decidir se é vantajoso solicitar a revisão, some todos os salários que você recebeu ao longo do tempo. Em seguida, converta a moeda para o Real. Você precisa comparar os resultados obtidos com o cálculo tradicional, que considera apenas os salários a partir de julho de 1994, e o cálculo com a inclusão dos salários anteriores a essa data. Se o valor for maior considerando o salário de toda a vida, a revisão pode ser uma boa ideia.

    Cada caso é diferente, então é bom pedir conselho a um/a especialista em previdência antes de decidir qualquer coisa.

    Como solicitar a revisão da aposentadoria?

    Por enquanto, o caminho para solicitar a revisão da aposentadoria é entrar com uma ação individual na Justiça, por meio de um/a advogado/a. No entanto, é importante ressaltar que essa rotina pode ser alterada a qualquer momento pelo INSS, para que o pedido seja feito diretamente sem a necessidade da ação judicial.

    Antes de ingressar com o pedido de revisão, é necessário reunir alguns documentos, como RG, CPF, comprovante de residência, informes das contribuições, carteira de trabalho, carnês do INSS e carta de concessão, que comprova o seu direito ao benefício. É importante verificar se há a possibilidade de acesso a esse serviço por meio do portal Meu INSS, onde é possível fazer o pedido online.

    Saiba mais: Guia completo sobre documentos necessários para dar entrada em cada tipo de aposentadoria

    Cuidados ao solicitar a revisão da aposentadoria

    Você deve prestar atenção ao solicitar a revisão da aposentadoria. Como mencionado anteriormente, a revisão pode resultar em um aumento ou diminuição do valor do benefício. Por isso, é importante fazer os cálculos corretamente e analisar se a revisão é benéfica para você.

    Além disso, é recomendado buscar a orientação de uma pessoa especialista em previdência antes de tomar qualquer decisão. Esse/a profissional poderá avaliar o seu caso específico e fornecer orientações adequadas às suas necessidades.

    A reforma da previdência mudou algo sobre as revisões?

    Com a aprovação da reforma da previdência em 2019, algumas mudanças foram implementadas em relação às revisões da aposentadoria. No entanto, a reforma não afetou a revisão da vida toda.

    As regras da previdência podem mudar, então é importante se manter atualizado e buscar informações com os órgãos competentes.

    Vem ver o resumo:

    A revisão da aposentadoria é um direito de todas as pessoas seguradas do INSS que pode resultar em um aumento do valor do benefício. No entanto, é necessário fazer os cálculos corretamente e analisar se a revisão é vantajosa para o seu caso específico.

    Para solicitar a revisão, é necessário entrar com uma ação judicial ou verificar se há a possibilidade de fazer o pedido diretamente pelo portal Meu INSS. É importante reunir todos os documentos necessários e buscar a orientação de um/a especialista em previdência antes de tomar qualquer decisão.

    Lembre-se de que cada caso é único e é fundamental buscar informações atualizadas e confiáveis para garantir que você esteja tomando a melhor decisão em relação à sua aposentadoria.

    Esperamos ter te ajudado com todos esses dados sobre o assunto e tirado todas as dúvidas. Para estar sempre por dentro, conecte-se conosco nas redes sociais. Curta nossa página no Facebook, inscreva-se no YouTube, siga-nos no Instagram e Linkedin para receber informações sobre educação financeira. Te esperamos lá!

    Redação Mercantil

    247 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar

    Navegue pelo sumário

      Recentes

      Aposentadoria

      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Rua Rio de Janeiro, 680 - Centro, Belo Horizonte/MG - CEP 30160-912