Blog

    A relação entre aposentadoria por invalidez e aposentadoria por idade é uma questão que frequentemente origina dúvidas entre os segurados do sistema previdenciário, principalmente quando se trata da adesão mútua dos dois benefícios. A aposentadoria por invalidez é concedida a indivíduos que, devido a enfermidades ou incapacidades, não podem mais desempenhar suas atividades laborais. 

    Por outro lado, a aposentadoria por idade é uma modalidade destinada a pessoas que atingem a idade estipulada pela legislação previdenciária. A interrogação surge quando se questiona se alguém que já recebe aposentadoria por invalidez pode, eventualmente, requerer a aposentadoria por idade. Para compreender essa relação complexa e os critérios envolvidos, é crucial explorar os detalhes das normativas previdenciárias vigentes. Confira a seguir aqui no Blog Mercantil.

    O que é a aposentadoria por invalidez?

    A aposentadoria por invalidez é um benefício previdenciário concedido pelo sistema de previdência social a trabalhadores que se encontram permanentemente incapazes de exercer suas atividades laborais devido a doenças ou acidentes. Para ter direito a esse benefício, é necessário passar por uma avaliação médica realizada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou órgão equivalente, que ateste a incapacidade total e definitiva para o trabalho. 

    A legislação previdenciária estabelece critérios específicos para a concessão da aposentadoria por invalidez, levando em consideração a natureza e gravidade da doença ou lesão. Uma vez concedido, o benefício visa assegurar uma renda ao trabalhador incapacitado, proporcionando amparo financeiro diante das limitações impostas pela condição de saúde. É importante ressaltar que a aposentadoria por invalidez pode ser revisada periodicamente para verificar a permanência da incapacidade.

    Leia mais: Aposentadoria por Invalidez: O que é e Quem tem Direito?

    Sou aposentado por invalidez, posso me aposentar por idade?

    Sim, é possível que uma pessoa aposentada por invalidez se aposente por idade, desde que atenda aos requisitos estabelecidos pela legislação previdenciária. A aposentadoria por invalidez é concedida quando o trabalhador se encontra permanentemente incapaz de exercer suas atividades laborais devido a doença ou acidente. No entanto, caso essa condição se modifique ao longo do tempo e o aposentado por invalidez recupere a capacidade de trabalho, ele poderá optar por se aposentar por idade quando atingir o tempo mínimo de contribuição e a idade exigida pela legislação.

    É importante ressaltar que os critérios para aposentadoria por idade, assim como os critérios da aposentadoria por invalidez, variam dependendo da legislação em vigor no momento e das regras específicas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou do órgão previdenciário responsável. Recomenda-se verificar as informações atualizadas junto ao INSS ou consultar um profissional especializado em direito previdenciário para obter orientações específicas sobre a sua situação.

    Veja também: Aposentadoria por Idade: Tudo o que Você Precisa Saber

    Quais os requisitos para receber a aposentadoria por invalidez?

    Para receber a aposentadoria por invalidez no Brasil, é necessário atender a alguns requisitos estabelecidos pela legislação previdenciária. A seguir, estão os critérios básicos para a concessão desse benefício:

    • Incapacidade total e permanente:

    O requerente deve comprovar, por meio de perícia médica realizada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou órgão equivalente, que está incapacitado de forma total e permanente para o exercício de suas atividades laborais.

    • Carência:

    É necessário ter contribuído para a Previdência Social por um período mínimo, conhecido como carência. A carência é o número mínimo de contribuições mensais indispensáveis para que o beneficiário tenha direito ao benefício.

    • Qualidade de segurado:

    O interessado deve manter a qualidade de segurado, ou seja, estar vinculado ao sistema previdenciário no momento da incapacidade. Isso implica ter realizado contribuições recentes ou estar dentro do período de graça definido pela legislação.

    • Doença ou lesão incapacitante:

    A incapacidade deve ser decorrente de doença ou lesão que impeça o desempenho das atividades habituais de trabalho. Essa condição deve ser atestada pela perícia médica oficial do INSS.

    • Inexistência de aposentadoria por invalidez anterior:

    Não é possível acumular aposentadorias por invalidez consecutivas. Caso o segurado tenha se recuperado e retornado ao trabalho após a concessão do benefício, uma nova concessão só será possível se a incapacidade se manifestar novamente.

    É importante destacar que a legislação previdenciária pode passar por alterações, e, portanto, é sempre recomendável verificar os requisitos atualizados no momento do requerimento. Para obter informações específicas sobre a sua situação, é aconselhável entrar em contato com o INSS ou buscar orientação junto a um profissional especializado em direito previdenciário.

    Veja também: Quando a aposentadoria por invalidez torna-se definitiva?

    Quais são os direitos do aposentado por invalidez?

    Os direitos do aposentado por invalidez no Brasil incluem uma série de benefícios e garantias proporcionados pela Previdência Social. Alguns dos principais direitos são:

    1. Recebimento da Aposentadoria por Invalidez:

    O aposentado por invalidez tem o direito de receber uma renda mensal, que corresponde a um percentual do salário de benefício calculado com base nas contribuições previdenciárias ao longo da vida laboral.

    1. 13º salário (Gratificação Natalina):

    Assim como os demais aposentados, o beneficiário por invalidez tem direito ao 13º salário, também conhecido como Gratificação Natalina, que corresponde a uma remuneração extra paga no final do ano.

    1. Assistência médica e odontológica:

    O aposentado por invalidez tem acesso à assistência médica e odontológica oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, alguns planos de previdência privada podem oferecer benefícios adicionais.

    1. Reabilitação profissional:

    Caso seja possível a recuperação da capacidade laboral, o aposentado por invalidez pode ter direito à reabilitação profissional, visando seu retorno ao mercado de trabalho.

    1. Isenção de Imposto de Renda:

    O benefício de aposentadoria por invalidez é isento de Imposto de Renda para aqueles que são considerados portadores de algumas doenças graves, conforme definido pela legislação.

    1. Estabilidade no emprego:

    Quando o aposentado por invalidez retorna ao mercado de trabalho após a recuperação, ele possui estabilidade no emprego por um período mínimo de 12 meses, conforme previsto na legislação trabalhista.

    É importante ressaltar que as condições e direitos podem variar de acordo com a legislação em vigor e, portanto, é recomendável verificar as informações atualizadas junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou órgão previdenciário competente. Além disso, consultar um profissional especializado em direito previdenciário pode ser útil para esclarecer dúvidas específicas relacionadas à sua situação.

    Em quais circunstâncias posso perder a aposentadoria por invalidez?

    A aposentadoria por invalidez pode ser cessada ou interrompida em algumas circunstâncias específicas. Algumas das situações que podem levar à perda desse benefício incluem:

    1. Recuperação da capacidade laboral:

    Se o aposentado por invalidez passa por uma reavaliação médica e é constatada a recuperação total da capacidade de trabalho, o benefício pode ser cessado.

    1. Retorno ao trabalho:

    Caso o aposentado por invalidez retorne voluntariamente ao mercado de trabalho e recupere sua capacidade de exercer atividades laborais, o benefício pode ser suspenso.

    1. Falecimento do beneficiário:

    Em caso de óbito do aposentado por invalidez, o benefício deixa de ser pago. Os dependentes, se houver, podem ter direito à pensão por morte.

    1. Reabilitação profissional bem-sucedida:

    Se o aposentado por invalidez participa de um programa de reabilitação profissional e consegue retornar ao trabalho de forma plena, o benefício pode ser encerrado.

    1. Concessão de aposentadoria por invalidez em razão de acidente de trabalho:

    Caso a aposentadoria por invalidez tenha sido concedida devido a um acidente de trabalho, ela pode ser convertida em aposentadoria por invalidez acidentária, mas o benefício continua.

    1. Concessão de aposentadoria por invalidez em razão de doença profissional ou do trabalho:

    Da mesma forma, se a aposentadoria por invalidez foi concedida em decorrência de uma doença profissional ou do trabalho, ela pode ser convertida em aposentadoria por invalidez acidentária.

    É importante destacar que o processo de cessação da aposentadoria por invalidez geralmente envolve uma avaliação médica realizada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou órgão equivalente. A legislação previdenciária pode ser alterada, portanto, é aconselhável consultar as normas vigentes ou buscar orientação junto a profissionais especializados em direito previdenciário para obter informações específicas sobre a sua situação.

    Veja também: Entendendo o Bloqueio da Aposentadoria do INSS

    Qual aposentadoria é mais vantajosa por idade ou por invalidez?

    A vantagem entre a aposentadoria por idade e por invalidez depende das circunstâncias individuais de cada segurado. Ambas as modalidades de aposentadoria têm critérios e benefícios específicos, e a escolha entre uma ou outra geralmente é determinada pela condição de saúde, idade e tempo de contribuição do beneficiário. Vamos considerar alguns aspectos:

    Aposentadoria por Idade:

    • Requisitos: Geralmente, é necessário atingir uma idade mínima (que pode variar de acordo com a legislação vigente) e cumprir o tempo de contribuição mínimo.
    • Benefício: O valor do benefício é calculado com base nas contribuições feitas ao longo da vida laboral, e o segurado pode continuar trabalhando após a concessão, se desejar.
    • Condições de saúde: Não é necessário estar incapacitado para o trabalho.

    Aposentadoria por Invalidez:

    • Requisitos: É necessário comprovar incapacidade total e permanente para o trabalho, mediante avaliação médica do INSS.
    • Benefício: O valor é calculado da mesma forma que a aposentadoria por idade, mas o segurado não precisa cumprir idade mínima. No entanto, a condição de saúde é crucial para a concessão do benefício.
    • Condições de saúde: O segurado deve estar incapacitado de forma permanente para o trabalho.

    A escolha entre as duas modalidades depende das circunstâncias individuais de cada pessoa. Se um trabalhador possui condições de saúde que o impossibilitam de continuar trabalhando, a aposentadoria por invalidez pode ser a opção adequada. Se a pessoa atende aos requisitos de idade e contribuição, a aposentadoria por idade pode ser vantajosa.

    Veja também: Tipos de Aposentadoria: Conheça as Possibilidades no Brasil

    Recomenda-se consultar um profissional especializado em direito previdenciário para uma análise mais detalhada e personalizada, levando em consideração a legislação atualizada e as circunstâncias específicas de cada caso.

    Deseja receber conteúdos exclusivos do Banco Mercantil? Siga-nos nas redes sociais! No Facebook, YouTube, Instagram e LinkedIn você terá acesso a dicas e mais informações relevantes sobre serviços financeiros. Faça parte e aproveite nossos benefícios!

    Redação Mercantil

    250 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar

    Navegue pelo sumário

      Recentes

      FGTS

      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Aposentadoria

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Av. do Contorno, 5.800. Andares 11º, 12º, 13º, 14º e 15º. Savassi - Belo Horizonte - MG 30.110-042