Blog

    O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) desempenha um papel crucial na vida daqueles que recebem um salário mínimo. Para essa parcela da população, o FGTS representa não apenas uma reserva financeira, mas muitas vezes a possibilidade de conquistar objetivos. 

    Com um valor equivalente a uma parte do salário depositado mensalmente, esse fundo se torna uma importante via de aquisição da casa própria, um dos maiores sonhos para quem tem uma renda mínima. Além disso, o FGTS oferece uma rede de segurança financeira em momentos de instabilidade econômica, funcionando como um recurso em situações emergenciais, possibilitando que as pessoas enfrentem imprevistos com mais tranquilidade.

    A capacidade do FGTS de servir como um recurso acessível e vital para quem recebe um salário mínimo não se limita apenas à compra de imóveis ou a emergências financeiras. Para muitos, representa também uma estabilidade no contexto da aposentadoria, viabilizando uma garantia de renda futura em um momento da vida no qual a preocupação financeira é ainda mais urgente. Entenda mais a seguir aqui no Blog Mercantil.

    Quanto é depositado no FGTS com um salário mínimo?

    O depósito no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é feito mensalmente e corresponde a 8% do seu salário bruto. Portanto, para alguém que recebe um salário mínimo, que em 2024 é de R$ 1.412,00, o cálculo seria:

    Salário Mínimo (R$ 1.412,00) x 8% = R$ 112,96

    Assim, mensalmente, quem recebe um salário mínimo teria aproximadamente R$ 112,96 depositados em sua conta do FGTS pela empresa empregadora.

    O que é o cálculo do FGTS?

    O cálculo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é simples. A empresa é obrigada a depositar mensalmente uma quantia correspondente a 8% do salário bruto do funcionário em uma conta vinculada ao FGTS. Este depósito deve ser feito até o dia 7 do mês seguinte ao mês trabalhado.

    Por exemplo, se um funcionário tem um salário bruto de R$ 2.000, o cálculo do FGTS seria:

    FGTS = Salário bruto x 8%

    FGTS = R$ 2.000 x 8%

    FGTS = R$ 160

    Nesse caso, o empregador deveria depositar R$ 160 na conta do FGTS do funcionário até o sétimo dia útil do mês subsequente ao trabalho realizado. Esse valor, como mencionado anteriormente, é um direito do trabalhador e fica depositado em uma conta específica, podendo ser sacado em situações previstas em lei, como demissão sem justa causa, aquisição da casa própria, aposentadoria, entre outras condições.

    Uma dessas outras condições é através do Saque Aniversário. Essa modalidade está disponível para adesão e é uma alternativa ao saque-rescisão. Através do Saque Aniversário é possível solicitar um adiantamento do FGTS que não precisa ser sacado necessariamente no mês do seu aniversário. Com o Banco Mercantil você pode adiantar até 10 parcelas do seu Saque Aniversário FGTS.

    Saque Aniversário FGTS Banco Mercantil

    Como fazer o cálculo?

    Para calcular o valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), você precisa seguir alguns passos simples:

    1. Identifique o salário bruto: É o valor total do salário antes de quaisquer descontos, como impostos ou contribuições.
    2. Aplique a alíquota do FGTS: A alíquota do FGTS é de 8%. Multiplique o salário bruto por 8% (ou 0,08) para encontrar o valor do FGTS.

    Por exemplo, se o salário bruto de um trabalhador é de R$ 3.000, o cálculo seria:

    FGTS = Salário bruto x 8%

    FGTS = R$ 3.000 x 0,08

    FGTS = R$ 240

    Portanto, nesse caso, o valor do FGTS a ser depositado seria de R$ 240. Esse é o valor que o empregador é obrigado a depositar na conta do FGTS do funcionário até o sétimo dia útil do mês seguinte ao trabalhado.

    Leia mais: Cálculo FGTS: saiba como calcular o valor a receber do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

    Trabalhei 5 anos recebendo um salário mínimo. Quanto vou receber de FGTS?

    Para calcular o valor total do FGTS que você acumulou durante esses 5 anos recebendo um salário mínimo, é necessário considerar o valor mensal depositado nesse período.

    Cálculo do FGTS

    Considerando um salário mínimo de R$ 1.412,00 (valor de referência em 2024) e a alíquota de 8% para o FGTS, podemos fazer o cálculo:

    Valor mensal do FGTS = Salário mínimo x 8%

    Valor mensal do FGTS = R$ 1.412,00 x 8%

    Valor mensal do FGTS = R$ 112,96

    Para calcular o valor total acumulado em 5 anos, multiplicamos o valor mensal pelo número de meses:

    Valor total do FGTS em 5 anos = Valor mensal do FGTS x 12 meses x 5 anos

    Valor total do FGTS em 5 anos = R$ 112,96 x 12 x 5

    Valor total do FGTS em 5 anos = R$ 6.777,60

    Portanto, ao longo de 5 anos recebendo um salário mínimo, o valor total acumulado no FGTS seria de aproximadamente R$ 6.777,60. Este valor considera apenas os depósitos mensais de 8% do salário mínimo durante esse período. É importante lembrar que eventuais correções e juros também podem afetar o valor total disponível para saque, dependendo das regras vigentes.

    Trabalhei 4 anos recebendo um salário mínimo. Quanto vou receber de FGTS?

    Para calcular o total acumulado de FGTS em 4 anos recebendo um salário mínimo, é preciso considerar os depósitos mensais de 8% do salário mínimo durante esse período, assim como no tópico anterior. O único ponto divergente é a quantidade de anos ou meses trabalhados.

    Cálculo do FGTS

    Considerando um salário mínimo de R$ 1.412,00 (valor de referência em 2024) e a alíquota de 8% para o FGTS, faremos o cálculo:

    Valor mensal do FGTS = Salário mínimo x 8%

    Valor mensal do FGTS = R$ 1.412,00 x 8%

    Valor mensal do FGTS = R$ 112,96

    Para calcular o valor total acumulado em 4 anos, multiplicamos o valor mensal pelo número de meses:

    Valor total do FGTS em 4 anos = Valor mensal do FGTS x 12 meses x 4 anos

    Valor total do FGTS em 4 anos = R$ 112,96 x 12 x 4

    Valor total do FGTS em 4 anos = R$ 5.422,08

    Portanto, ao longo de 4 anos recebendo um salário mínimo, o valor total acumulado no FGTS seria de aproximadamente R$ 5.422,08. Esse cálculo considera apenas os depósitos mensais de 8% do salário mínimo durante o período mencionado.

    Saque Aniversário FGTS Banco Mercantil

    Como fazer a consulta do FGTS?

    Você pode consultar o saldo e extrato do FGTS de diversas maneiras:

    • Site da Caixa Econômica Federal: Acesse o site oficial da Caixa, crie uma conta, se ainda não tiver, e faça login. Lá, você poderá verificar o saldo do FGTS e extratos detalhados.
    • Aplicativo FGTS: A Caixa disponibiliza um aplicativo específico para consulta do FGTS. Basta baixá-lo, fazer login com seus dados e terá acesso ao saldo e extrato.
    • Mensagens no celular: A Caixa envia mensagens para o celular cadastrado com informações sobre o FGTS. Essas mensagens incluem o saldo atualizado e outros detalhes.
    • Internet Banking da Caixa: Se você já é cliente da Caixa, pode usar o internet banking para consultar o saldo do FGTS.
    • Agências da Caixa: Você pode ir pessoalmente a uma agência da Caixa com seu documento de identificação e o número do PIS/Pasep para consultar o saldo e extrato do FGTS no caixa eletrônico ou com um atendente.

    Independentemente do método escolhido, é importante ter em mãos seu número do NIS/PIS/Pasep, CPF e demais documentos pessoais para realizar a consulta com precisão.

    Veja também: Como consultar o FGTS pelo CPF ou ligação?

    Quando e como posso fazer o saque do FGTS?

    Existem diferentes modalidades e condições para o saque do FGTS, algumas das mais comuns incluem:

    • Demissão sem justa causa: Se você for demitido sem justa causa, tem direito a sacar o saldo total do FGTS depositado pela empresa.
    • Término de contrato por prazo determinado: Se o contrato de trabalho expirar e não for renovado pela empresa, é possível sacar o FGTS.
    • Compra da casa própria: É permitido o saque para aquisição, liquidação ou amortização de financiamento habitacional.
    • Aposentadoria: Quando se aposentar, é possível sacar o FGTS, mesmo que esteja empregado.
    • Doenças graves: Em casos de doenças graves, é permitido o saque total do FGTS.
    • Rescisão por acordo mútuo: Se houver um acordo entre empregador e empregado para rescindir o contrato de trabalho, é permitido o saque de parte do FGTS, mas há limitações.
    • Saque-aniversário: O saque aniversário é uma alternativa ao saque rescisão, e pode ser sacado todo ano em seu aniversário, independente se esteja empregado ou não.

    Os saques podem ser realizados em agências da Caixa Econômica Federal, em terminais de autoatendimento, lotéricas ou até mesmo através do aplicativo FGTS.

    É importante verificar as condições e os documentos necessários para cada tipo de saque, pois eles podem variar de acordo com a modalidade e a situação específica de cada pessoa.

    O que é o Saque-Aniversário FGTS?

    O saque-aniversário é uma modalidade opcional, no qual a pessoa escolhe sacar uma parte do saldo do FGTS anualmente, no mês de seu aniversário. Para aderir a essa modalidade, é necessário fazer a opção no aplicativo FGTS ou no site da Caixa Econômica Federal. Ao escolher o saque-aniversário, você abre mão do saque-rescisão integral em caso de demissão sem justa causa, mas mantém o direito aos demais saques, como o da aposentadoria e o da compra da casa própria.

    Essa modalidade ainda dá direito ao adiantamento da parcela do Saque Aniversário FGTS com o Banco Mercantil. Com essa possibilidade, você poderá sacar o FGTS para qualquer finalidade.

    Leia mais: Saque Aniversário do FGTS: Entenda as principais características e vantagens

    Saque Aniversário FGTS Banco Mercantil

    Como antecipar o FGTS com o Banco Mercantil?

    Caso você esteja pensando ou se perguntando em como antecipar o Saque-aniversário do  FGTS com o Banco Mercantil, aqui vai um passo a passo simples para você: 

    1. Verifique se você atende aos requisitos (Ser maior de 18 anos, possuir saldo em conta e optar pelo Saque-aniversário pelos canais da Caixa); 
    2. Pelo App FGTS, autorize o acesso do Mercantil às suas informações;
    3. E, por último, faça sua contratação diretamente pelo WhatsApp, sem precisar ir à uma agência. 

    Sim, é isso! É tão simples que você nem vai precisar sair de casa. Aqui no Banco Mercantil, além da praticidade e rapidez, você pode antecipar até 10 anos do seu saldo do FGTS com uma taxa de juros bem menor que outras linhas de crédito e o valor será debitado diretamente do seu fundo de garantia, de forma segura. Faça a antecipação do Saque-aniversário com o Banco Mercantil e receba o dinheiro no mesmo dia!

    Leia mais; Vale a Pena Optar pelo Saque-Aniversário do FGTS?

    Deseja receber conteúdos exclusivos do Banco Mercantil? Siga-nos nas redes sociais! No Facebook, YouTube, Instagram e LinkedIn você terá acesso a dicas e mais informações relevantes sobre serviços financeiros. Faça parte e aproveite nossos benefícios!

    Redação Mercantil

    247 artigos publicados

    Com mais de 250 agências, 7 milhões de clientes e 80 anos de mercado, o Banco Mercantil é o primeiro do Brasil a se inspirar na experiência do público 50+ para desenvolver soluções especialmente voltadas para a juventude prateada. A Redação do banco está sempre em busca de simplificar esse universo, com dicas de investimento, economia, planejamento financeiro e estilo de vida personalizadas para você.

    Compartilhar

    Navegue pelo sumário

      Recentes

      Aposentadoria

      Navegue pelo sumário

        Também pode te interessar

        FGTS

        FGTS

        FGTS

        FGTS

        FGTS

        FGTS

        Banco Mercantil do Brasil S.A. 17.184.037/0001-10
        Rua Rio de Janeiro, 680 - Centro, Belo Horizonte/MG - CEP 30160-912